Hackers pela educação

Nos dias 30 de setembro e 1o. de outubro A Transparência Brasil e a Pandô Apps realizarão a Primeira Hackathon “Tá de Pé” no Teatro Christiane Riêra em Itajubá-MG. Os participantes terão 24 horas para desenvolver soluções utilizando informações das obras de escolas e creches públicas disponíveis no aplicativo Tá de Pé. O evento conta com o apoio do Google.Org, SEBRAE, UNIFEI, INCIT e da Prefeitura Municipal de Itajubá.

O aplicativo “Tá de Pé”, lançado em 14 de agosto para celulares Android pela Transparência Brasil, permite ao cidadão fiscalizar o andamento da construção de escolas e creches financiadas pelo Governo Federal. O aplicativo permite ao cidadão tirar fotos das obras e enviá-las para a Transparência Brasil. Engenheiros analisarão as fotos e, se forem constatados indícios de atraso, a organização entrará em contato com a prefeitura responsável pela execução da obra. Caso a prefeitura não responda em até 15 dias, outras instâncias serão acionadas como vereadores, o MEC e até mesmo a Ouvidoria-Geral da União.

De acordo com Manoel Galdino, Diretor-executivo da Transparência Brasil, a hackathon é uma oportunidade para que os cidadãos desenvolvam novas formas de fiscalizar o poder público. “Esperamos que os participantes desenvolvam soluções de aplicativos, sites e visualizações que tornem ainda mais fácil o cidadão combater à corrupção e ajudar as nossas creches e escolas a serem entregues com mais celeridade”, afirmou Galdino.

Os interessados em participar da hackathon deverão se inscrever até o dia 20 de setembro no site https://ingresseiro.com.br/evento/hackathon-transparencia-brasil . São 40 vagas disponíveis, sendo 10 vagas reservadas para mulheres e 10 vagas reservadas para pretos, pardos e indígenas. Dúvidas sobre o evento deverão ser encaminhadas para tadepe@transparencia.org.br .

Para saber mais sobre o aplicativo Tá de Pé, acesse www.tadepe.org.br.